o que é

Laboratório de vivências em arte contemporânea, tecnologias e culturas livres. Espaço para a memória múltipla, a inteligência programadora, a receptividade sensorial. A engenhosidade que cria artifícios, a capacidade inventiva da mini-estratégia. O improviso. A inteligência do bem comum. A arte de cozinhar para todos. De todas as crenças, raças e amores. Comidas para o espírito que a cabeça não pode esquecer.

“Os hábitos alimentares constituem um domínio em que a tradição e a inovação tem a mesma importância, em que o presente e o passado se entrelaçam para satisfazer a necessidade do momento, trazer a alegria de um instante e convir às circunstâncias”
Michel de Certeau, A invenção do Cotidiano, Tomo 2: Morar, cozinhar

Um laboratório vivo de conversas pararelas e eventos simultâneos que impulsione nos participantes o uso de todas as tecnologias disponíveis até então para comunicação, para troca de impressões e informações, sobre o evento. Rádio, jogos, tv, hacklabs, performances, circo, dança, capoeira, poesia, prosa, aplicativos de troca de textos via celular, salas de irc, mensagens por e-mail, chats e todos os outras penduricalhos tecno comunicacionais tomando parte do cenário de telepresença que envolve o encontro.

Museu de Arte Contemporânea de Pernambuco _OLINDA                                             
De 20 a 24 de novembro, das 14h as 19h
Curadoria Mãe Beth de Oxum, Edson Barrus, Ricardo Ruiz e Yann Beauvais

Anúncios